Embaixador


Sérgio Garcia



Fora: Empresário, maratonista e atleta amador.

Dentro: Ter sido pai muito cedo e, consequentemente, ter formado uma prole de 4 filhos levou-me a trabalhar incessantemente e estar sempre focado nas necessidades de uma família.

Junte a isto uma pessoa hiperativa, incapaz de descansar o cérebro, mesmo quando dorme, e você encontrará algo próximo de um ataque de nervos e com alta intensidade.

Ao auge dos meus 33 anos, o Sérgio, agora empresário (todo trabalho intenso e harmonioso tem sua paga), encontrei-me com a vida típica de um paulistano.

O ritmo frenético da “cidade que não dorme” e os compromissos intensos me satisfaziam com meu ritmo, mas cobravam o seu preço sobre a saúde.

Acima do peso, com sinais de estresse, insatisfeito com a balança, procurei algo que me trouxesse qualidade de vida para meu corpo e mente.

Não demorou muito para perceber que as caminhadas ao ar livre era grande aliada para alcançar este objetivo e, mais ainda, para “oxigenar” os pensamentos.

Rapidamente, o rapaz interativo e intenso, percebeu que andar era pouco e quis correr, correr muito, correr de forma intensa, experimentando assim a maior dose de adrenalina e energia jamais vivida antes. A corrida logo virou paixão e percebi a facilidade em correr de forma rápida e longa. Os números, almejados pela maioria dos atletas amadores foram caindo: 10 kms abaixo de 40 min, meia maratona abaixo de 1:30 e a famosa maratona sub-três.

Em dois anos eles haviam sido superados e a busca incessante por novos desafios não parava. Porque não correr mais e mais? Até onde meu corpo suportaria e pode chegar?

Talvez 50, 60, 80 kms…

Estas marcas também foram superadas e em 4 anos de corrida, o atleta amador, hiperativo e intenso, continua tentando descobrir. Mas isto é história daqui adiante para ver os próximos desafios a serem escalados, ou melhor, percorridos…

TRANSIÇÃO DA CORRIDA DE RUA PARA MONTANHA

Acredito que 70% ou mais dos que procuram a corrida seja por não ser tão fã da boa e velha academia ou por buscar uma mudança ...

continuar lendo

TRANSIÇÃO DA CORRIDA DE RUA PARA MONTANHA